Plano Corte: o parceiro ideal

Gonçalo Rigaud, Gerente da Plano Corte, fez questão de referir, em entrevista, a evolução notável da sua empresa ao longo de 35 anos de atividade.

A Plano Corte celebra este ano o seu 35.º aniversário. Como avalia o desempenho da mesma desde a fundação até aos dias de hoje?

Com a deslocalização das grandes produções para mercados com mão-de-obra mais barata, restava a Portugal a especialização e inovação e foi aí que os sócios da Plano Corte viram uma oportunidade de negócio com futuro, começando a sua atividade como empresa prestadora de serviços especializados de modelação na área do vestuário, tendo sido pioneira em Portugal na modelação assistida por computador. Sabíamos perfeitamente que o futuro seria o digital e que o nosso país iria ter um papel importante, pois podia aliar o seu know-how de vários anos de experiência nesta indústria, com profissionais de muita qualidade e a necessidade breve onde surgiriam marcas com coleções mais vastas e quantidades menores, em que as empresas necessitariam cada vez mais de um apoio efetivo para poderem dar respostas ao aumento de trabalho especializado.

Os primeiros clientes foram marcas de renome, nacionais e internacionais que procuravam uma empresa que lhe pudesse garantir padrões de qualidade superior e tempos de execução que não comprometessem as suas produções. Na década de 90, a empresa consolidou a sua atividade como gabinete de modelação, aumentando exponencialmente o número de clientes e transformando o nome Plano Corte numa marca de prestígio e confiança. Com o virar do século e a constante pressão dos clientes, a empresa evoluiu, passando a prestar também serviços de corte, aliando, uma vez mais, a capacidade dos nossos recursos humanos à tecnologia de estendimento e corte automático, estando preparados para cortes de grandes produções assim como cortes de grande rigor e especificidade. A confecção era também um passo inevitável , conta atualmente com um atelier de alta qualidade, completamente autónomo.

Foram distinguidos com a certificação “Top 5% melhores PME de Portugal”. O que representa, para vocês, este prémio?

É com enorme orgulho que recebemos esta distinção pelo segundo ano consecutivo. Reflete o empenho de uma vasta equipa que aposta no rigor, na qualidade, na sustentabilidade e na satisfação dos clientes. É, inclusive, o coroar de um trabalho feito ao longo de 35 anos em que acreditamos que a iniciativa empresarial é um bem para a comunidade.

Considera que é importante, nos dias que correm, para quem se quer lançar neste mercado ter um parceiro como a Plano Corte para o apoiar?

Pensamos que sim. A Plano Corte reúne as condições para participar na realização de novos projetos ou já existentes e proteger o investimento de quem queira lançar uma nova coleção no mercado concorrencial dos dias de hoje. Com base na sinergia existente entre os vários departamentos da empresa e a sua flexibilidade, o cliente, após conceber o seu produto, pode desenvolver e fabricar, começando e acabando no ponto que mais lhe convier, tendo assim um único interlocutor. No final terá ao dispor o fornecimento adequado, respeitando a qualidade e os prazos de entrega, proporcionado por um serviço profissional e de excelência.

Atualmente, com mercados ávidos de mudança e inovação, com necessidade de mudança e personalização para manter a sua procura, a Plano Corte apresenta-se como um parceiro com as valências certas para apoiar qualquer cliente.

Refira os desafios que antevê para a Plano Corte, neste novo ano de 2022, e quais os objetivos que espera cumprir?

Os maiores desafios são transversais à maioria das empresas e prendem-se, essencialmente, com a falta de mão-de-obra especializada, a instabilidade e a fragilidade da economia mundial. Ainda assim, a empresa define todos os anos a sua política de crescimento, consolidando os serviços já existentes, bem como a proposta de novos.

Para 2022, temos uma forte aposta na certificação orgânica, ambiental e das condições de trabalho. Construímos, cada vez mais, uma empresa amiga do ambiente e socialmente responsável. Queremos e trabalhamos todos os dias para melhorar as condições laborais.

Contacts:
Posted by: AdminPEDteste on