“Ver para lá do óbvio”, o segredo do Grupo Valouro

O império do Grupo Valouro é o resultado do crescimento de uma pequena empresa de comercialização de aves, lançada por Manuel dos Santos em 1875. A gestão do negócio viria a ser assumida por dois sobrinhos-netos, os gémeos José António e António José dos Santos, que têm sido, desde então, os estrategas do Grupo. Volvidos 146 anos, assume-se como o maior grupo do setor agroalimentar português e um dos maiores da Europa. O crescimento do Grupo presidido por José António dos Santos, continua em progressão, o segredo, desvenda-nos José António dos Santos é o trabalho, a honestidade e a visão e inovação.

José António e António José dos Santos, gestores do Grupo Valouro

Mais de 146 anos volvidos após a sua génese, o Grupo Valouro é hoje o maior grupo do setor agroindustrial português, e um dos maiores da Europa, com mais de 40 empresas incorporadas, como nos pode apresentar o que é hoje o Grupo Valouro?

O Grupo Valouro SGPS, S.A. apresenta-se como uma estrutura hierarquizada e organizada que assenta num triângulo onde se definem as diversas fileiras dos processos produtivos designadamente, dos setores da agricultura, indústria de rações, multiplicação de aves, abate e transformação de aves, distribuição e comércio alimentar, transportes, produção de energia, seguros e turismo.

A génese do grupo remonta a 1875 com uma loja na Rua dos Vinagres, em Lisboa, onde Henriqueta Marques Pereira, quem iniciou o negócio, vendia ovos, galinhas, patos, perus, coelhos, cabritos e borregos. O negócio cresceu pela mão de Manuel dos Santos, que primeiro foi trabalhar para a loja, onde mostrou grande aptidão para o negócio. Na década de 1950 o negócio florescia com o fornecimento dos hotéis, restaurantes e a loja cresceu para o Largo dos Trigueiros, onde montou um centro de abate, preparação e frigorificação das aves.

Em 1966 a empresa, então denominada Herdeiros Manuel dos Santos, mudou-se para a Marteleira, no concelho da Lourinhã, depois de ganhar um concurso para abastecer o exército português. O crescimento do grupo empresarial trouxe a ramificação dos negócios. Hoje o Grupo Valouro tem uma produção da semente até ao prato. Cultiva os cereais, como milho, trigo e cevada, que depois transforma em alimentação para os animais. Fabrica rações para todos os tipos de animais de criação, desde os frangos e galinhas, perus, patos, coelhos, porcos, cavalos, ovelhas.

Da alimentação para a criação das aves, desde a produção dos ovos para encubação aos pintos de um dia, que seguem para os aviários para engorda. O grupo detém ainda os matadouros onde procede ao abate. A carne é vendida como frango, ou em produtos processados, como nuggets de frago, charcutaria e salsicharia, que o grupo também desenvolve.

Do Oeste, o grupo também se ramificou pelo país, com implantação sobretudo no Oeste, no Alentejo e na zona de Viseu. Também já detém atividade em Espanha, numa unidade de produção de ovos de encubação e pintos de um dia.

No seu conjunto, o Grupo Valouro é hoje composto por mais de 40 empresas, mas tem na produção e abate de frango a sua principal componente de negócio.

José António dos Santos, Dinis Santos e António José dos Santos
José António dos Santos, Dinis Santos e António José dos Santos

Um grande crescimento é também sinónimo de uma maior responsabilidade social e corporativa. Que iniciativas têm adotado nos últimos anos, nesta área?

A responsabilidade social empresarial, definida no âmbito de cada fileira produtiva adota uma política que guia todos os passos das respetivas empresas que integram o Grupo Valouro, por forma a tornar o funcionamento das empresas mais ético, responsável, sustentável e humano. Valorizar o capital humano não é só uma responsabilidade, é um dos valores do Grupo.

Sendo um dos maiores empregadores da região sul, essa responsabilidade social salienta-se. Com mais de 3.200 colaboradores, que valores corporativos são passados?

Os valores que subsistem às empresas que integram o Grupo Valouro regem-se por princípios e comportamentos que determinam a forma de gestão das respetivas empresas, fundamentadas em valores como ética, responsabilidade social, cooperação, sustentabilidade, inovação, integridade, flexibilidade e transparência.

Estes valores representam objetivos de comportamento de atitude, que estão presentes nas várias estruturas hierarquizadas desde a gestão de topo aos colaboradores, e parceiros (clientes fornecedores, grupos de interesse).

Como se gere 3.200 pessoas e consequentemente, como se consegue motivar uma equipa tão grande?

Essa gestão utiliza técnicas de recursos humanos para compatibilizar as metas da organização com os objetivos dos colaboradores. Importa que a gestão esteja em sintonia com as equipas e se identifiquem com os perfis mais adequados à cultura para focar a motivação dos colaboradores.

Consegue-se motivar uma equipa tão grande delegando funções e responsabilidades por forma a estabelecer antecipadamente objetivos claros e precisos, por forma a gerar confiança entre todos os colaboradores. Essa motivação deve integrar também desafios estimulantes que diligenciem novas competências, com vista a valorizar o desempenho criativo.

A internacionalização é cada vez mais um passo obrigatório para as empresas portuguesas conseguirem crescer e solidificar-se no mercado. Foi assim com o Grupo Valouro também?

A globalização da economia coloca novos desafios e oportunidades às empresas portuguesas, à qual não será alheio o Grupo Valouro. As limitações do mercado nacional e a necessidade de crescimento estão na origem do processo de internacionalização.

O conhecimento das necessidades gerais do mercado internacional criam oportunidades que podem determinar um maior potencial para as áreas de negócio do Grupo Valouro.

Que estratégias levaram a que o Grupo Valouro a ser uma referência no setor agroindustrial, na Europa? Quais os principais pilares que sustentaram o enorme sucesso que tiveram e que continuam a ter?

A aposta na inovação dos produtos e nas melhores técnicas disponíveis é primordial para o Grupo Valouro. A utilização de tecnologias de ponta, que garantem a qualidade dos produtos, permitiu ao Grupo estar na linha da frente com a implementação das mais recentes tecnologias desenvolvidas para os diversos setores de atividade.  

Nos anos 60, a empresa instalou pela primeira vez na Europa um equipamento dedicado ao tratamento térmico de subprodutos provenientes de matadouros de aves, para o seu posterior aproveitamento como ração para animais como fonte proteica de grande interesse nutricional. Como continuam a inovar?

Têm-se desenvolvido projetos de Investigação e Desenvolvimento (I&D), a maioria com a participação de Instituições académicas, que proporcionam sistematicamente uma melhoria contínua visando a obtenção de coprodutos de elevado interesse comercial, proporcionando a resposta cada vez mais exigente dos consumidores.

A sustentabilidade está na linha da frente dos temas da atualidade e todos fomos já alertados para a importância de um estilo de vida mais sustentável e amigo do ambiente. No entanto, poucos sabem que esta já é uma prática recorrente no Grupo Valouro há mais de 50 anos. Que práticas sustentáveis praticam a qual importância desta filosofia, tanto para a preservação ambiental como para a qualidade dos vossos produtos?

As empresas do grupo Valouro regem-se por uma política de gestão ambiental pró-ativa que promova o estímulo e melhoria contínua do seu desempenho ambiental, integrando os seguintes princípios orientadores:

Potenciar a integração da gestão ambiental, com as outras políticas sectoriais, promovendo e assegurando o desenvolvimento sustentável;

Integrar o respeito pelo ambiente e a gestão dos aspetos ambientais, em todas as fases do seu processo produtivo, e zelar para que todos os intervenientes, incluindo fornecedores, detenham as competências necessárias para o efeito;

Zelar por princípios éticos de transparência, honestidade e integridade, nas suas relações com as autoridades competentes e partes interessadas, cumprindo os requisitos da legislação ambiental aplicável às atividades, bem como, outros compromissos que voluntariamente venham a assumir;

Melhorar continuamente o desempenho ambiental, nomeadamente na prevenção da poluição e na minimização dos seus impactes;

Gerir os riscos ambientais, com vista a eliminar ou minimizar os impactes negativos das atividades, tanto nas situações normais, como nas de emergência ou acidente;

Promover a utilização das melhores técnicas disponíveis (MTD´s), com vista à preservação dos recursos naturais e à prevenção e redução da poluição no ar, na água e no solo;

Promover a eficiência energética e as práticas de utilização racional da energia, como uma das principais opções compatíveis com o uso sustentável dos recursos;

Promover a criação de conhecimento e a divulgação de boas práticas no domínio do ambiente.

Os 60 anos sob a administração dos irmãos gémeos António José dos Santos e José António dos Santos foram de grande estabilidade financeira, crescimento e constante atualização. Que balanço faz?

O balanço é positivo consubstanciado em três aspetos fundamentais, que são estritamente necessários: a primeira é o trabalho, a segunda é a honestidade, essa é a principal de todas, e a terceira ter visão. Eu costumo dizer que “temos de ver para lá da parede”.

E quanto ao futuro, qual o plano de negócios traçado para continuar o crescimento da empresa?

Qualidade, inovação, sustentabilidade, eficiência e economia circular são as palavras chave que sustentam o futuro do Grupo Valouro.

 

EMPRESAS DO GRUPO

Avibur

CrizAves

Distribui

Solara

savibel

Contacts:
Posted by: AdminPEDteste on