Investimento superior a 40 milhões de euros nas áreas de serviço da Brisa

O plano de investimento abrangeu 33 restaurantes Colibri nas áreas de serviço de toda a rede Brisa e um reforço dos postos de carregamento elétrico, para responder à crescente procura dos clientes.

Manuel Melo Ramos, Administrador da Brisa

 

Os novos espaços Colibri são explorados pela Brisa Áreas de Serviço, empresa controlada pela Brisa, em parceria com a multinacional Areas, e que conta com mais de 600 colaboradores.

Manuel Melo Ramos, administrador da Brisa, explica que “as áreas de serviço desempenham um papel fundamental na experiência de autoestrada e são o principal ponto de contacto com os nossos clientes. O novo conceito da Colibri visa melhorar a experiência da paragem, aumentando a interação, garantindo um padrão elevado de qualidade através do controlo da gestão operacional e maximizando o potencial destes espaços”.

Estes novos espaços posicionam-se como áreas de conforto que respondem às necessidades dos viajantes. Apresentam uma decoração acolhedora, com várias zonas, e as casas de banho merecem especial atenção, incluindo elevados padrões de limpeza. Há espaços dedicados aos mais novos e wi-fi em todos os espaços dos restaurantes. Há um grande reforço na oferta alimentar, com forte aposta em produtos locais.

Manuel Melo Ramos conta que “o índice de satisfação dos clientes está já a aumentar. Recebemos por ano 8,5 milhões de pessoas, vendemos 5 milhões de cafés e 1,7 milhões de pasteis de nata. São os nossos principais produtos, mas, por exemplo, desde que a nova Colibri abriu na Mealhada já vendemos 300 mil sandes de leitão; é um salto enorme face ao que registávamos anteriormente”.

O administrador da Brisa sublinha que “enquanto prestador integrado de serviços de autoestrada, a Brisa tem na segurança rodoviária um dos seus principais eixos de atuação, e esta é também uma forma de incentivar que os nossos clientes façam uma pausa nas suas viagens. Queremos que este investimento contribua para uma mobilidade simples, segura e sustentável”.

Para além dos 33 milhões de euros investidos no novo conceito Colibri, a Brisa reforçou o número de postos de carregamento para veículos elétricos. A oferta de carregamentos elétricos foi alargada a 11 autoestradas, que contam já com 82 postos de carregamento num investimento de cerca de 10 milhões de euros realizado com os parceiros da Brisa para este segmento.

Manuel Melo Ramos, administrador da Brisa, refere que “a mobilidade elétrica está em forte expansão e só este ano, até outubro, houve um crescimento de quase 60% nas vendas de veículos elétricos em Portugal. A transição energética e a mudança para a mobilidade elétrica é uma prioridade da Brisa. Há dois anos tínhamos 17 postos de carregamento, agora mais do que quadruplicámos a oferta. Hoje já é possível ir de norte a sul do país numa viatura elétrica sem problemas de carregamento”.

Em média estes postos estão a registar perto de 400 carregamentos diários, pouco mais de metade (52%) realizados na A1, sendo área de serviço de Santarém, em ambos os sentidos, a mais usada para carregar veículos elétricos.

Contacts:
Posted by: Portugal em Destaque on