JCDecaux ganha contrato de 15 anos de publicidade de mobiliário urbano no Porto

A JCDecaux Portugal assinou com a Câmara Municipal do Porto o contrato de concessão para a instalação e exploração publicitária para os próximos 15 anos. A instalação do novo mobiliário urbano foi assinalada com a montagem do primeiro abrigo de passageiros digital.

 

Este contrato prevê a instalação de 350 novos abrigos de passageiros, incluindo 25 com ecrãs digitais, 180 Mupis, dos quais 18 com ecrãs digitais, e 162 com faces convencionais em papel, e  é referente a um dos dois lotes de mobiliário urbano (lote II) do concurso público da cidade do Porto atingindo um público urbano economicamente ativo.

Ao abrigo do novo contrato, a JCDecaux aumenta +2% de cobertura, tanto no target +15 como no target de classe Alta e Média/Alta da área metropolitana do Porto, de acordo com o estudo de medição de audiências da publicidade exterior para Portugal, desenvolvido pela PSE.

O processo de instalação dos novos abrigos de passageiros começou em novembro e irá decorrer ao longo dos próximos meses. Ao abrigo deste novo contrato, a JCDecaux continuará a desempenhar um papel ativo no funcionamento do serviço de transportes públicos, inovando os equipamentos para benefício de um milhão de passageiros na cidade portuense, fornecendo equipamentos publicitários de elevada qualidade para as marcas, bem como ao disponibilizar um canal eficaz para a comunicação municipal.

Para satisfazer as expectativas do concelho do Porto no que diz respeito ao lote II, a JCDecaux focou-se em cinco pilares-chave do seu modelo de negócio: qualidade, design, funcionalidade, inovação, e Desenvolvimento Sustentável (ESG).

A nova geração de abrigos de passageiros operados pela JCDecaux estará dotada de uma infraestrutura de comunicação por voz e ainda um suporte para receber um tablet com informação da STCP, a operadora de transportes coletivos da Área Metropolitana do Porto, tornando-os mais inclusivos e acessíveis a todos os utilizadores de transportes públicos.

As novas soluções da JCDecaux ficarão distribuídas por diversas zonas da cidade do Porto, nomeadamente entre a VCI e a Circunvalação, incluindo a zona da Foz, grande parte da Avenida da Boavista, a zona Universitária de Paranhos, passando pelo Amial e Campanhã. Desta forma, a JCDecaux garante a sua presença nas freguesias com maior percentagem de população ativa, nas quais 52% tem entre 25 e 64 anos, conforme os dados do INE, Censos 2021, in Marktest, Sales Index. Correspondendo assim às necessidades e exigências do município do Porto, dos seus cidadãos e visitantes e, claro, das marcas.

Para Philippe Infante, Diretor-Geral da JCDecaux em Portugal, “Este é um momento muito importante para a JCDecaux e para o Porto. Vamos dotar o concelho de soluções inovadoras que acrescentam qualidade à cidade, tornando-a mais digital, atraente, inteligente, responsável, ligada e envolvente, sempre de forma sustentável. Queremos continuar a posicionar-nos como líderes em inovação e como um verdadeiro agente de dinamização, inovação e transformação do mercado de OOH, e estamos profundamente empenhados em transformar o nosso conhecimento em valor para o município do Porto”.

Sendo a sustentabilidade um dos pilares-chave da JCDecaux, e em linha com a nova estratégia do grupo até 2030, a empresa de publicidade exterior assume o compromisso de garantir uma maior eficiência do seu mobiliário na cidade do Porto. Deste modo, todas as viaturas dedicadas à afixação e limpeza dos equipamentos deste contrato serão elétricas. Todos os mupis e abrigos terão iluminação LED ou LCD que garante a diminuição de consumo elétrico e a lavagem dos equipamentos será feita com água desmineralizada. Para além disso, o papel utilizado na impressão dos cartazes será 100% proveniente de material reciclado ou com certificado de produção em PFEC (material proveniente de florestas geridas de forma sustentável).

Estas são algumas das iniciativas da JCDecaux que passam agora a ser implementadas para tornar a cidade do Porto mais limpa e eficiente.

Contacts:
Posted by: Portugal em Destaque on