Sede do Grupo Ageas Portugal ganha Prémio Internacional do World Architecture Festival

O Grupo segurador venceu o melhor projeto de arquitetura na categoria de escritórios com o seu edifício em Lisboa, inaugurado no primeiro semestre de 2022. Trata-se de um imóvel composto por 12 pisos que, resultou num investimento de cerca de 75 milhões de euros.

A nova sede do Grupo Ageas Portugal em Lisboa, Ageas Tejo, desenhada pelo arquiteto Eduardo Capinha Lopes, foi o projeto eleito para receber o galardão na categoria de edifício de escritórios, do World Architecture Festival, um dos eventos mais prestigiados dedicados à indústria da arquitetura.

Com inscrições de todo o mundo, incluindo Portugal, Malásia, Finlândia, México, Turquia, Austrália, Japão, Índia e Reino Unido, os prémios celebram os melhores edifícios – os mais recentes e já concluídos -, e ainda os projetos de paisagismo, desde vilas rurais a edifícios religiosos contemporâneos e instalações de saúde, construídos durante a pandemia. De entre os 420 finalistas, o Grupo Ageas Portugal foi um dos que se destacou.

Localizado no Parque das Nações, em Lisboa, num terreno de 7.400 m2 e atingindo uma altura de até 62,5m, este recente empreendimento de escritórios resultou num edifício icónico destinado a suportar uma imagem corporativa forte e diferenciada. Totalmente, adaptado às circunstâncias de trabalho atuais e futuras, este novo imóvel está alinhado com os valores da empresa, focando-se na preocupação ambiental, na sustentabilidade e na responsabilidade social.

Para Steven Braekeveldt, CEO do Grupo Ageas Portugal, “a distinção do World Architecture Festival comprova que é possível criar um ambiente de trabalho de alta qualidade, condizente com um local de trabalho moderno”. Acrescentando que “ganhar este prémio, reflete em grande medida o investimento no bem-estar dos nossos Colaboradores e de como esse ponto é fundamental para o crescimento do negócio”, afirma o responsável, concluindo que “é um edifício no qual as pessoas se sentem em casa e onde paira a criatividade e a inovação”.

O edifício foi desenvolvido em linha com todas as metas de sustentabilidade e possui certificação BREEAM. O arquiteto criou áreas de muita luz natural no interior do edifício, proporcionando uma enorme qualidade de trabalho e conforto aos colaboradores que trabalham neste edifício. As fachadas são altamente dinâmicas e marcadas pela interação com a comunidade através das suas luzes exteriores alusivas a vários temas e campanhas, resultando também nas redes sociais.

Considerado o maior evento anual de arquitetura internacional, o World Architecture Festival (WAF) decorreu em Lisboa entre 30 de novembro e 2 de dezembro deste ano que, contou com a presença de oradores portugueses. É o único encontro do setor em que as palestras principais, de figuras influentes do setor, convivem com apresentações ao vivo dos mais de 500 projetos finalistas, resultando numa rede de networking global onde é possível inspirar-se, aprender e partilhar novas ideias.

Contacts:
Posted by: Portugal em Destaque on